O erro, per se um conceito dúbio e impreciso, vai além das categorias comumente tidas como normais, refletindo na urdidura das camadas mais interiores do inconsciente do ser; consequentemente, aflora de maneira errática (obviamente) e incontrolável no cotidiano, causando inevitavelmente inúmeros motivos de conflito concomitantemente para o indivíduo e para a sociedade como um todo.

Advertisements